Category Archives: Movimento Negro

A luta pela memória da capoeira

Não é difícil reconhecer uma roda de capoeira, o som do berimbau, com o pandeiro e o atabaque, os movimentos ágeis e precisos que misturam dança e luta, são elementos característicos. Essa arte durante muito tempo foi proibida no Brasil, em 1890 o código penal

No Thumbnail

A intolerância não tem rosto

Crime de racismo é cometido na Unesp e levanta o debate de inclusão  “A Universidade é um pedaço da sociedade. Uma sociedade racista, machista, homófoba, xenófoba tem uma Universidade com essas condições também”, afirmou Juarez Xavier, negro, jornalista e doutor em Comunicação, que atualmente leciona

No Thumbnail

Coletivo Negro Kimpa, o transformar da dor em luta

A história do Coletivo Negro Kimpa começa no final de 2014, quando a aproximação de estudantes negras e negros da Universidade Estadual Paulista em Bauru culminou na vontade de reunir pessoalmente todas essas pessoas que quisessem construir um movimento organizado de luta negra dentro da

No Thumbnail

Letícia de Maceno, todo o poder da mulher negra

Foi ainda criança que Letícia de Maceno conheceu o racismo, quando este lhe foi apresentado pelos pais que a preparavam para o mundo. Colorida, de cabelo trançado, em uma tarde de sexta-feira, ela conta como foram seus primeiros passos dentro do entendimento da questão racial.“Sempre foi

No Thumbnail

A Casa Grande vai ficar pequena

Por Keytyane Medeiros* Ao entrar na universidade, assim como outras estudantes, coloquei em xeque várias questões, entre elas o meu próprio gênero, minha cor de pele e minha condição sócio-econômica. Notei, logo nos primeiros meses, uma ausência assustadora de docentes do sexo feminino na UNESP

No Thumbnail

Gabriela Diniz, negra, 2,4% da USP

Gabriela Diniz tem 19 anos, cabelos cacheados e um sorriso no rosto. Nascida em Bauru, criada na Vila Santista, depois na Vila Independência e agora no Núcleo Habitacional Presidente Geisel, ela estudou a vida inteira em escola pública. Hoje, cursa o primeiro ano de Fonoaudiologia

No Thumbnail

A universidade não é mais branca

As cotas raciais vêm permitindo o acesso de negros ao ensino superior e mudando a cor da sala de aula   Affirmative action foi o termo, em inglês, criado no governo Kennedy (1963) para designar ações que pretendiam promover a igualdade de oportunidades trabalhistas para

No Thumbnail

Negro e acadêmico: entrevista com Ricardo Alexino

“É preciso, para haver qualquer mudança, que os negros possam abolir e trazer à cidadania o escravo simbólico que tem dentro de si.” Jornalista, professor associado livre-docente da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, doutor em Ciências da Comunicação pela USP,