Banjo: aplicativo utiliza geolocalização para mostrar o que está acontecendo em tempo real

Ferramenta organiza as postagens em redes sociais de acordo com a data e a
localização, criando um contexto para os mais recentes acontecimentos

O que é?

O Banjo é um aplicativo de notícias que utiliza a geolocalização para organizar instantaneamente os acontecimentos ao redor do mundo. Através dele, o usuário pode selecionar as notícias de acordo com sua localização, encontrar os contatos que estão em regiões próximas ao evento e ainda indicar a localização de outros usuários a partir de postagens em diferentes redes sociais. Criado na Califórnia, EUA, o Banjo é uma ferramenta gratuita disponível para iOS e Android – com versão em português! Existe ainda, uma versão para computador (apenas em inglês) específica para jornalistas; é preciso preencher um cadastro e aguardar a resposta da equipe responsável.

O aplicativo promete um nível sem precedentes de compreensão do que está acontecendo no mundo. (Créditos: divulgação)

Como usar?

O aplicativo está disponível para download no Google Play e na App Store. É necessário apenas que o usuário escolha alguma rede social para fazer login – podendo, depois, sincronizar todos os perfis de redes sociais para receber mais informação. Em “início”, é possível encontrar as principais notícias e eventos ao redor do mundo. Para procurar acontecimentos próximos ao usuário, é necessário que a localização do celular esteja ativada; no canto superior direito fica o ícone de localização que faz o direcionamento para o local desejado. A opção “sugerir um evento”, é um espaço em que os usuários podem enviar sugestões para o Banjo; é preciso colocar o email e o evento escolhido para aguardar uma avaliação do aplicativo. Além disso, é possível convidar amigos para utilizar o Banjo, controlar as notificações de eventos e visualizar as últimas buscas.

O que nós achamos do Banjo?

A ideia é simples e inovadora: juntar tempo, espaço e contexto. Um aplicativo público e gratuito que ajuda o jornalista a filtrar e organizar pautas, além de descobrir o que está acontecendo no mundo. Tudo isso ao vivo. Como o próprio criador e CEO, Damien Patton, promete: “Banjo está focado na construção de tecnologia que permite que as marcas e empresas de mídia mais importantes tomem melhores decisões, se movam mais rápido e mudem a maneira como entendem e interagem com pessoas de todo o mundo.” O aplicativo conecta o social com o geográfico, o que agiliza o trabalho do jornalista e faz da comunidade um colaborador de suas notícias. Assim fica bem mais fácil publicar notícias de alta qualidade e em primeira mão. Deve-se ressaltar então, que, ao mesmo tempo que facilita o furo de notícia, faz os eventos não serem tão novos assim quando noticiados, pois a sociedade já tem acesso pelo app antes. Sendo assim, as fontes não são confiáveis pois podem ser forjadas pelos colaboradores e qualquer pessoa pode acessar e interpretar os eventos a sua maneira, sem o jornalismo para interceptar. Mas os criadores de Banjo já tentam amenizar essas ocorrências com a versão exclusiva para jornalistas em formato para desktop.

Aplicativo mostra os principais eventos comentados nas redes sociais. (Créditos: Sofia Hermoso)

Como ajuda o jornalista?

Com a praticidade de Banjo, o jornalista possui pesquisas mais rápidas e eficazes, que agilizam o processo de produção jornalística na busca por pautas, furos de notícias e plantões de notícia. Com os dados ao vivo mais organizados a mão, o jornalista pode se concentrar em interpretar, relacionar e contextualizar melhor um evento ao invés de correr atrás de uma pauta ou buscar as informações básicas do que está acontecendo. Isso permite que o jornalismo internacional fique mais próximo e o jornalismo hard news, mais rápido.

Redatoras:  Karina Francisco e Sofia Hermoso

Restante da equipe: Amanda Casagrande, Mariane Arantes e Victoria Dogliani

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *