Festival de Leitura e Literatura movimenta cenário cultural de Bauru

Neste sábado (27), o Teatro Municipal “Celina Lourdes Alves Neves” recebeu ao longo de todo o dia a programação especial do IV Festival de Leitura e Literatura de Bauru – FELELI. As atrações tiveram início às 9h com a oficina de zines e se estenderam até às 20h com um show de encerramento da cantora Alzira Espíndola.

A IV edição da FELELI recebeu pela primeira vez apoio do Programa de Ação Cultural (Proac) do estado de São Paulo, o que abriu a possibilidade do evento receber mais atrações, se estendendo entre os dias 22 de abril e 1º de maio.

 

Alzira Espíndola se ensaiando para sua apresentação

O evento

Para os interessados em produzir seu próprio zine, das 9h até às 13h teve oficina de produção de zines com Ingrid Martins. A partir das 13h esses e outros expositores participaram da 3º Feira de Zines e Afins (FIZ), que ao todo contou com 32 artistas vindos de todo o Brasil e Argentina.

A partir das 15h a FIZ dividiu espaço com performances de dança, e quem estava por lá pode assistir a intervenção da dançarina Clara de Clara, de Sorocaba, com a performance Corpo Declara. Logo após, a brasileira Fabiana Castro, que atualmente reside na Argentina apresentou o espetáculo Manual de Instruções, transitando entre literatura e dança, usando o livro “Histórias de Cronópios e de Fama”, de Julio Cortázar, como inspiração.

 

Fabiana Castro em sua performance de dança

À noite, as já consagradas artistas Alice Ruiz e Alzira Espíndola fecharam o dia de apresentações. Alice participou de um bate papo com o público sobre suas obras e a literatura. Alzira apresentou suas músicas de maior sucesso e também contou com a participação de Alice, já que as duas tem uma parceria profissional consolidada há décadas. O primeiro CD da Alice, Paralelas, lançado em 2005, foi um trabalho em conjunto das duas.

Nossa cobertura

A equipe de cobertura do Repórter Unesp buscou se manter ativa nas redes sociais durante o período do festival, postando vários stories no Instagram, fazendo chamadas no Twitter e trazendo conteúdo inédito nas lives do Facebook. Houve também cobertura fotográfica, com as fotos publicadas posteriormente na página do Repórter Unesp.

Repórter Gabriela Arruda entrevista Valcineire Castro, uma das organizadoras

Os nossos repórteres Luigi Rigoni e Gabriela Arruda entraram ao vivo seis vezes durante o evento, sempre trazendo entrevistas. Alguns dos entrevistados, por exemplo. foram uma das organizadoras da FELELI, Valcineire Castro, expositores e público participantes. A entrevista com a escritora Alice Ruiz ficou para o final, fechando a cobertura com a fala de uma das atrações principais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *