Edição 54 – 2019 | O encarceramento no Brasil

O Brasil é o terceiro país com a maior massa carcerária do mundo. Aqui, em terras tupiniquins, mais de 720 mil pessoas estão privadas de liberdade.

A temática do encarceramento é, por si só, complexa e cheia de desdobramentos. Permeia diversas discussões importantes e atuais que precisam ser difundidas.

Nosso debate perpassa pela questão da segurança pública – tema amplamente discutido e que se tornou primordial para a eleição do presidente Jair Bolsonaro. Além disso, a atuação política do atual governo tem agendado essas temáticas nos principais meios de comunicação do país.

Visto a necessidade de discutir um tema tão presente, mas por vezes esquecido, o Repórter Unesp preparou uma série de reportagens que tratam do universo do sistema prisional. Divididos em três temáticas: saúde, educação e política, nossos repórteres trouxeram dados, relatos, opiniões de especialistas e do povo nas ruas, além de vivências distintas com intuito de informar, educar e até denunciar certas práticas.

Nesta edição, você verá um panorama geral do cenário carcerário, lerá sobre a situação das mulheres privadas de liberdade e, também, sobre saúde mental, tanto de quem está no cárcere quanto de quem lá trabalha.

Além disso, discussões recorrentes na atual situação brasileira, como o militarismo, as ideias anticrime do novo ministro da justiça Sérgio Moro e um panorama geral sobre a educação antes, durante e após da prisão.

Desejamos a todos uma ótima leitura,

A redação.

Editor-chefe: Gustavo Lustosa

Editora-adjunta: Michele Custódio

Gestora de mídias sociais: Julia Mendonça

Nesta edição:

Os reflexos do sistema prisional brasileiro

Militarismo, disciplina e armamento: os sinônimos da segurança no Brasil

Saiba mais sobre as propostas para segurança pública do governo Bolsonaro

A rota canarinho: um panorama da guerra às drogas no Brasil

A história de Leonardo Nascimento e os modelos de julgamento no Brasil

“Se não preso, o que é?”: como sistema punitivo apresenta alternativas

O sistema prisional que esqueceu das mulheres no Brasil

Encarceradas: a saúde que falta

O doente sistema penitenciário brasileiro e a negligência da saúde mental

Os dois lados do encarceramento: os impactos prejudiciais na saúde mental

Drogas e doenças no sistema prisional: uma questão de saúde pública

Militarização das escolas: hierarquizar a educação funciona?

Bauru e a situação de vulnerabilidade social

Constituição não é abordada no conteúdo programático do ensino básico

Educação dos detentos no Brasil: um panorama sobre como funciona o ensino prisional

A reinserção de egressos do sistema penitenciário no mercado de trabalho

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *