Nº 51 – 2018 | Patrimônios históricos contam a riqueza cultural do Brasil

No início de setembro deste ano, houve um grande incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro. Em questões de horas foram destruídas peças de valor inestimável que narravam a história natural e antropológica não só do Brasil mas de todo o mundo.

Motivados por essa tragédia, a equipe da 51º edição do Repórter Unesp, preparou uma revista digital repleta de curiosidades e informações acerca de tradições e prédios históricos, muitas vezes esquecidos ou de não conhecimento do público.

Segundo a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura), patrimônios históricos são locais, prédios, expressões de vida e tradições que contenham “Um excepcional e universal valor histórico, estético, arqueológico, científico, etnológico ou antropológico.”

Nesta edição você vai encontrar reportagens, vídeos e fotos dos patrimônios bauruenses e brasileiros que abrigam esses importantes valores. Apresentamos conteúdos que vão dos passos e melodias da Catira, aos diversos usos da Estação Ferroviária de Bauru, passando pelo delicioso Virado à Paulista e pelas técnicas de restauração de obras de arte.

Das chamas que destruíram o Museu Nacional, nasceu a  necessidade de explorar os patrimônios brasileiros, tão importantes para a construção da nossa cultura. Visitar, conhecer e entender a preciosa diversidade destes bens culturais é o nosso objetivo, que busca, através da exposição e preservação do passado, arquitetar um futuro consciente.

Boa leitura!

A redação.

Editora-chefe: Giovana Matos Moraes

Editor-adjunto: Lucas Lombardi

Gestora de Mídias Sociais: Gabriela Gomes

Nesta edição:

História em chamas: o incêndio no Museu Nacional e o descaso com o patrimônio público
Conheça as principais peças do Museu Nacional que foram perdidas no incêndio
Museus: Patrimônios que guardam a história do nosso país
Veja os 5 patrimônios culturais mundiais mais antigos do Brasil
Do desgaste ao repaginamento, entenda como funciona o processo de restauração de obras
Visitar os museus bauruenses é uma viagem no tempo
Vagões de trens sucateados em Bauru vão a leilão
Orquestra Sinfônica de Bauru revitaliza a Estação Ferroviária
A restauração de um acervo: conheça as obras dos Irmãos Ponce Paz
Histórias contrastantes trilhadas em um espaço comum na Casa do Hip Hop em Bauru
Escotismo persiste como uma das tradições de Bauru
Virado à paulista ganha título de patrimônio imaterial do estado
A luta pela memória da capoeira
Catireiros batem o pé pela preservação das tradições rurais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *