Encerramento da terceira edição do Arraiá Aéreo teve apresentação da Esquadrilha da Fumaça

A terceira edição do Arraiá Aéreo teve início no último sábado, 10, e seu encerramento no domingo também foi repleto de atrações para públicos de todas as idades. Realizado pela Fundação Astronauta Marcos Pontes em parceria com a Prefeitura de Bauru, o último dia do evento foi prestigiado por 25 mil pessoas, de acordo com os Bombeiros. O Repórter Unesp esteve lá para fazer a cobertura através do Facebook, Twitter e Instagram.

Atrações Aéreas

Uma das atrações do evento foram os paraquedistas Os Cometas, do Exército Brasileiro. (Foto: Patrícia Konda)

Perto das 15h já era possível ver a preparação da equipe representante da Brigada de Infantaria Paraquedista do Exército Brasileiro. Os Cometas participam de campeonatos e demonstrações pelo Brasil e exterior, e possuem 40 títulos de campeões militar. Essa foi a terceira passagem do grupo por Bauru como participantes do Arraiá Aéreo. O Sargento Bruno Cury, responsável pela comunicação da equipe,  explicou que todas as performances são diferentes: “cada lugar exige um tipo de apresentação. Para cá a gente separou 5 paraquedistas, a gente veio com bandeiras, com fumígeno – que são aquelas fumaças, faixas e, dependendo da altura, do que é disponível para gente, a gente monta uma apresentação para cada lugar”.

Depois de 7 anos, a Esquadrilha da Fumaça retornou à Bauru para a sua tão aguardada apresentação. Foram mais de 40 minutos de acrobacias aéreas riscando o céu da cidade, arrancando gritos e aplausos da multidão que observava o espetáculo. Há dois meses, a equipe recebeu o certificado do Guiness World Records pela maior quantidade de aeronaves em vôo invertido – o recorde quebrado também era deles, reconhecido em 2006. Momentos antes, o Major Aviador Ubirajara Pereira Costa Júnior ministrou uma palestra sobre demonstração aérea, explicando o que é necessário para se tornar piloto da Esquadrilha da Fumaça, num auditório improvisado no evento.

Depois de 7 anos, a Esquadrilha da Fumaça retornou à Bauru. (Foto: Patrícia Konda)

Viagem ao passado

Quem esteve presente também pode ver a exibição da réplica do 14 bis, avião idealizado pelo Pai da Aviação, Alberto Santos Dumont. Sua participação ajudou a encerrar o show da Esquadrilha da Fumaça. Apaixonado por aviões desde criança, o Comandante Alan Calassa é o autor da recriação e afirma que “a importância da réplica do 14 bis é para firmar junto à opinião e junto à comunidade científica mundial que o grande inventor do avião foi realmente Alberto Santos Dumont, ele que reuniu todos os requisitos para que o avião voasse, fizesse o primeiro vôo”.

O Aeroclube da cidade

Uma das maiores referências de Bauru é seu Aeroclube, que serviu de local para a realização do Arraiá Aéreo. O presidente da atual gestão, Renato Fanton, esteve ocupado durante todo o evento, mas em seu rosto o orgulho estava estampado: “estamos aqui desde 1938, então no próximo ano vamos fazer 80 anos”. “Já formamos mais de 12 mil alunos, temos uma centena deles trabalhando no exterior”, reflete a respeito da importância da escola de pilotos para a cidade.

O Aeroclube de Bauru é considerado um dos clubes com maior atividade aérea do país. São cerca de 50.000km de vôos por ano, e possui a maior frota de planadores disponíveis em território nacional.

O Presidente do Aeroclube, Renato Fanton, estava presente no evento e nos contou um pouco da importância do Aeroclube para a cidade de Bauru. (Foto: Patrícia Konda)

Comemorações típicas

O clima de festa junina também esteve no ar,  com a presença de barraquinhas de comidas tradicionais e brincadeiras, como a famosa cadeia.  Teve cachorro-quente, pipoca, pastel, mas o que fez mais sucesso, de acordo com a vendedora Luzinete, foram os derivados de milho. “Foi um sucesso, o produto que mais vendeu foram as pamonhas, que é um produto típico das festas juninas mesmo”, conta.

O segundo dia do evento também contou com atrações musicais, como a Banda Municipal de Bauru, a Coletividade e Rock Maps. O encerramento foi por conta da Deck 66, que subiu ao palco às 18h.

[foogallery id=”14909″]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *