A crise d’água na rede

O Facebook parecia ter um papel claro e definido em seus primórdios: possibilitar a comunicação simultânea entre uma rede de amigos. Mas as possibilidades dentro desta rede social se expandiram e diversos grupos se apropriaram dela para que sua causa tivesse voz, assuntos relevantes fossem debatidos e mais ainda, para que a informação dos meios tradicionais fosse questionada. A crise hídrica não escapou desta tendência. Logo após o assunto se tornar pauta da grande mídia, projetos foram criados para fomentar debates sobre o tema, propor soluções, questionar o discurso das autoridades e conscientizar as pessoas sobre o uso dos recursos hídricos, e uma das ferramentas de divulgação é a tão famosa rede social de Mark Zuckerberg.

A página ‘Somos todos Cascão” é fruto da criatividade dos publicitários André Bueno e Robson Leite. Ela tem como objetivo o incentivo ao uso consciente da água. Com frases bem-humoradas e muitas vezes irônicas, eles discutem desperdício e promovem a conscientização. “Através do Cascão, um personagem conhecido, por quase todas as gerações, famoso pelo seu medo de água, passamos mensagens de conscientização e mostramos que se até ele está preocupado com essa crise, então temos que nos preocupar também”, afirma Robson.

Por: Lívia Lago

Por: Lívia Lago

Já a “Aliança pela Água” é responsável pelo projeto “Água SP”, que procura apresentar propostas para  a falta d’água. Por meio do site aguasp.com.br, eles explicam o problema, apresentam iniciativas viáveis para solucionar a crise e estabelecem metas para melhoria da situação atual. No facebook, o projeto age como fonte de informação sobre o tema, divulgando e compartilhando notícias. Sendo uma colizão de sociedade civil, qualquer pessoa pode contribuir e eles já contam com uma rede de 40 parceiros, entre eles o Greepeace e a ong WWF.

“Volume Vivo” também é um dos parceiros da “Aliança pela Água” e propõe o debate de uma maneira mais alternativa: uma série de  mini-documentários, produzidos com a intenção de mapear as causas da escassez dos recursos hídricos e provocar uma mudança de atitude e de pensamento. Os vídeos serão disponibilizados gratuitamente na internet, acompanhando o desenrolar da crise. Caio Silva Ferraz é o criador do projeto, diretor do documentário ENTRE RIOS, filme que conta a história da capital paulistana sobre a perspectiva de seus rios e córregos, ele trabalha com a temática desde 2007.

Reportagem: Amanda Fonseca

Produção Multimídia: Lívia Lago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *