Nº 02 – 2014 | Culinária como expressão cultural

Você é o que você come. Mas quem decide o que você come? Pensando nisto, a segunda edição do Repórter Unesp tem como tema a “Culinária como expressão cultural”.

Todo mundo sabe que a alimentação é uma das necessidades básicas do ser humano. Todo mundo também sabe que ela vai muito além disso, mesmo que nunca tenha refletido sobre. Você já refletiu?

Uma dos principais características da culinária é seu caráter social. Basta pensar em quantas das últimas vezes que você saiu com amigos envolviam comer ou beber algo. Basta pensar o que seria das famílias sem os almoços e churrascos de fim de semana, ou o que seria das viagens sem conhecer comidas novas. Basta pensar como arquitetos e decoradores se importam com a cozinha.

Depois de tanto pensar, vamos para a prática. Começaremos pela origem histórica da nossa culinária. Como foram formados os pratos da alimentação brasileira, paulista e bauruense e como eles evoluíram com o tempo.

Mas o brasileiro, o paulista e o bauruense não comem apenas a comida típica. Cada vez mais eles freqüentam restaurantes árabes, mexicanos, australianos, japoneses, japoneses, japoneses, japoneses e mais japoneses. O que aconteceu? O que levou a esse boom dos restaurantes japoneses e asiáticos?

Se você leu ‘restaurante’ e imaginou um lugar todo decorado e elaborado, pode esquecer. A comida de rua também ganha cada vez mais espaço, e o número de carrinhos que oferecem esse serviço se multiplicou. Antes baratos e em sua maioria oferecendo comidas ‘brutas’, hoje eles atendem a todos os gostos e a todas as faixas de preço. É a moda dos food trucks.

Tudo isso vai deixar claro como a comida pode mostrar muito sobre a identidade, direta ou indiretamente. Veganos, vegetarianos, restrições culinárias e gostos exóticos são assuntos que prometem imagens e receitas muito interessantes.

É hora de começar a leitura! Mas não antes de comer alguma coisinha.

Lucas Leite – Editor chefe

NESTA EDIÇÃO:

Bauru concentra sabores e culturas

Bauru e a gastronomia universitária

O prato do paulista vem do mundo todo

Todo dia é dia de feira

Lei regulamenta a comida de rua em São Paulo

Food trucks apimentam mercado gastronômico

Sabores internacionais

Intercâmbio: uma nova experiência para o paladar

Vegetarianismo e veganismo: escolhas que vão além do prato

Estilo de vida de vegetarianos e veganos gera preconceitos e mitos

“Como assim você não pode comer lanche?”

“Mal passado não, prefiro cru mesmo”

Receitas que sua avó não aprovaria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *