Nº 01 – 2014 | Especulação Imobiliária

Em setembro do ano passado, o Brasil recebeu a visita do economista norte-americano Robert Shiller, que, meses mais tarde, receberia o Prêmio Nobel de Economia. Conhecido nos Estados Unidos como o “caçador de bolhas” por ter identificado e “previsto” as crises no mercado de ações na internet e no mercado imboliliário – nos anos de 200o e 2008, respectivamente, Shiller fez uma previsão nada otimista para o Brasil e alertou para a possibilidade de uma bolha imobiliária no país.

Meio ano depois, percebemos uma presença constante do mercado de imóveis no noticiário econômico brasileiro. Inflação, Copa do Mundo e uma euforia causada pelo crescimento econômico do Brasil no início deste século são as principais causas apontadas por economistas para um aumento exorbitante no preço dos imóveis: no Rio de Janeiro, em cinco anos, o aumento do preço do metro quadrado foi de 300%.

Entretanto, está enganado aquele que pensa que o fenômeno está restrito às grandes capitais brasileiras. No interior, o preço do imóvel também sobe assustadoramente. O mercado aquecido estimula a compra e a consequente valorização de residências e prédios comerciais. Se os preços vão aumentar ainda mais ou começar a despencar, é difícil prever com precisão. Fato é que o consumidor precisa estar alerta para uma eventual desvalorização, ou o chamado “estouro” da bolha.

Pensando nisto, o Repórter Unesp preparou uma edição especial sobre especulação imobiliária, com foco principal na região de Bauru. Nas matérias, poderemos entender como funciona a especulação imobiliária e como ela atua na cidade. O que faz um imóvel caro em Bauru? A presença dos estudantes tem alguma influência no mercado imobiliário bauruense? Quais são as áreas mais valorizadas pelos nativos e pelos universitários?

Na edição de hoje, você vai entender um pouco mais sobre o mercado de imóveis de que tanto ouvimos falar hoje em dia. Boa leitura!

Felipe Altarugio

NESTA EDIÇÃO:

Especulação imobiliária e suas consequências

O que a especulação imobiliária tem a ver com você

Entenda: Plano Diretor, participação popular e zoneamento

Bauru, uma cidade setorizada e com limites

Minha Casa Minha Vida inaugura novas unidades em Bauru

Qual é o preço de um direito?

Alta demanda por imóveis prejudica estudantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *